sexta-feira, 19 de julho de 2024

Apagão cibernético causa instabilidade em bancos e clientes reclamam nas redes sociais

Foto: Elaine Neves

Alguns bancos brasileiros apresentaram problemas em seus aplicativos nesta sexta-feira (19), após um apagão cibernético que afetou vários lugares ao redor do mundo.

O site Downdetector, especializado em reportar falhas em canais digitais, apontava reclamações em pelo menos quatro instituições financeiras: Banco Pan, Bradesco, Neon e Next.

Vários clientes reclamaram nas redes, alertando que os aplicativos estavam fora do ar e relatando problemas na falha de login para se conectar, sem conseguir completar as operações e para realizar pagamentos. Alguns usuários disseram ter problemas até com os cartões físicos.

Bancos de vários países relataram problemas

Na Austrália, o Commonwealth Bank, maior banco do país, afirmou que alguns clientes não conseguiram transferir dinheiro devido à interrupção de serviços.

O mesmo aconteceu com a Capitec, da África do Sul, que informou que pagamentos com cartão, caixas eletrônicos e serviços de aplicativos sofreram interrupções significativas, e precisaram ser restaurados.

Morte de menino de 2 anos na Zona Norte do Rio é investigada


A Polícia Civil investiga a morte de um menino de 2 anos, em Ricardo de Albuquerque, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Kaleb Gabriel da Cruz foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ricardo de Albuquerque pela mãe e pelo padrasto na quarta-feira (17), mas segundo os médicos, ele já chegou morto ao local.

Na terça-feira (16), os responsáveis levaram a criança para a UPA, mas na unidade, os pais foram orientados a procurar o Hospital Municipal Albert Schweitzer (HMAS), em Realengo, na Zona Oeste. onde o menino passou por atendimento, realizou tomografia, ficou em observação por 4h e recebeu alta. No entanto, na quarta-feira, a mãe conta que a criança amanheceu com o corpo frio e sem responder a estímulos. Ela e o padrasto chegaram a levá-lo à UPA, mas o menino já chegou na unidade básica sem vida.

De acordo com a mãe, o menino brincava com o irmão, sob a supervisão do padrasto, quando caiu da cama e bateu a cabeça no chão. Mas o laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que a causa da morte foi uma lesão no pâncreas por ação contundente na região da barriga, o que seria um trauma ou uma pancada no local. Segundo o laudo, a lesão não é compatível com uma queda da cama e o menino não apresentava nenhum ferimento na cabeça.

Uma tia, irmã do pai de Kaleb, contou que, quando a família esteve na delegacia, o irmão da mãe da criança falou que o menino era vítima de agressão. A família paterna soube da morte pelas redes sociais, através de uma postagem da mãe da criança. O pai dele morreu assassinado há 5 meses.

A 31ª DP (Ricardo de Albuquerque) instaurou um inquérito para apurar o caso. Os agentes ouvem testemunhas, levantam informações e realizam diligências para esclarecer as circunstâncias da morte da criança.

O que dizem as unidades de saúde

Em nota, a direção do Hospital Municipal Albert Schweitzer informou que o paciente deu entrada na unidade por volta das 19h de terça-feira (16), com relato de queda da cama. O menino apresentava edema na face esquerda e episódios de vômitos. "Kaleb ficou em observação por cerca de 4 horas, foi medicado para enjoo e realizou exame de imagem que não apresentou alterações. Após estabilização do quadro, o paciente recebeu alta com as devidas orientações", explicou a direção do hospital.

Já a direção da UPA de Ricardo de Albuquerque esclareceu que o Kaleb deu entrada na unidade na terça-feira, levado pela mãe e o padrasto. "Após relato de queda e vômito feito pelos responsáveis, eles foram orientados a permanecer na unidade para que a criança fosse encaminhada com prioridade para exame de tomografia, mas optaram por sair à revelia, ou seja, por conta própria, sem alta dada pela equipe médica. No dia seguinte, a criança retornou à UPA já em óbito. De acordo com o protocolo para esses casos, o corpo foi encaminhado ao IML para análise da causa do óbito", diz a nota.

quinta-feira, 18 de julho de 2024

Homem rouba carro e veículo capota durante tentativa de fuga em Nilópolis


Um criminoso que tinha acabado de roubar um veículo e estava sendo perseguido por policiais, capotou com o carro em frente a cabina da PM, na saída da Via Light, em Nilópolis, na Baixada Fluminense, na tarde desta quinta-feira (18).


Homem condenado por roubo em Nilópolis é preso


Agentes da Divisão de Capturas e Polícia Interestadual (DC-Polinter), prenderam um homem condenado pelo crime de roubo. Após investigações, ele foi capturado em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, nesta quarta-feira (17).

Na delegacia, os policiais constataram que ele possui três anotações criminais por receptação, posse irregular de arma de fogo e roubo.

De acordo com os policiais, a vítima foi abordada por dois homens armados em uma moto, quando transitava com a sua motocicleta em uma rua de Nilópolis, em novembro de 2020.

quarta-feira, 17 de julho de 2024

Nubank apresenta falha no aplicativo e clientes relatam dificuldades nas redes sociais

 

O aplicativo do Nubank apresentou instabilidade na manhã desta quarta-feira (17). Com falha de login para se conectar e sem conseguir completar as operações, clientes do banco reclamavam nas redes sociais.

O site Downdetector, especializado em reportar falhas em canais digitais, contabilizou pelo menos 700 reclamações.

Aos clientes, o banco informa nas redes que está passando por "uma oscilação em nosso aplicativo" e que está empenhado em solucionar e encerrar a questão.




terça-feira, 16 de julho de 2024

O Programa Trabalho Protegido na Adolescência da FIA-RJ está com as inscrições abertas

O Programa Trabalho Protegido na Adolescência (PTPA) da FIA-RJ está com as inscrições abertas para o curso de qualificação que irá te preparar para um futuro melhor no mercado de trabalho, com vagas em unidades específicas, referente ao segundo semestre do ano de 2024.

Por meio do curso, você terá a possibilidade em estagiar em órgãos públicos e em parcerias privadas. Comece agora, corra pra fazer sua inscrição.

O PTPA é uma parceria da Fundação, que é do Governo do Estado, com a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Podem se inscrever os adolescentes que cumpram os pré-requisitos estabelecidos abaixo:
  1. Adolescentes que tenham de 15 (quinze) anos a 16 (dezesseis) anos e 5 (cinco) meses tomando como referência o intervalo de datas de nascimento compreendido entre 11/02/2008 e 10/07/2009;
  2. Estejam matriculados e frequentando efetivamente o Ensino Fundamental II, o ensino médio, o Programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) ou o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (PROJOVEM URBANO), preferencialmente, nas redes públicas de ensino ou na rede privada com bolsa de 100% (cem por cento) dos custos.
Estejam preferencialmente, mas não exclusivamente, enquadrados nas categorias:
  • Oriundos de famílias monoparentais;
  • Oriundos de famílias cadastradas em programas de transferência direta ou indireta de renda (Por exemplo: Bolsa Família, Renda Menor Jovem, BPC, entre outros.);
  • Cumprindo medidas socioeducativas;
  • Apresentem defasagem na correlação série/idade;
  • Pessoas com Deficiência, e que, por meio de um processo seletivo inclusivo, e que lhe tenham garantido o direito de escolha, respeitando suas aspirações, interesses e talentos. Além disso, deverão estar preparados para participar ativamente do projeto, demonstrando um nível apropriado de envolvimento com os conteúdos delineados, visando ao progresso necessário para futuras oportunidades de estágio e desenvolvimento profissional;
  • Em tratamento do uso de álcool e outras drogas;
  • Participantes ou egressos de programas sociais especiais, tais como: vítimas de violência, exploração sexual e em situação de vulnerabilidade.
Link para inscrição: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeS-fvfLFCH9UMOjQH_MaZYVJ9N0MZ-DeFAK_b6ywi7iiSrGw/viewform

Corpo de mulher desaparecida após falsa proposta de emprego é encontrado na Baixada


O corpo da jovem Camille Vitória Monteiro, de 21 anos, foi encontrado nesta segunda-feira (15) perto do Rio Magé, que fica na Baixada Fluminense. Ela estava desaparecida desde o dia 5 de julho, depois de sair de casa, em Anchieta, para uma entrevista de emprego no Centro do Rio. A jovem que morava com a avó e a mãe, deixa três filhos.

O desaparecimento era investigado pela Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA). Os agentes chegaram a pedir a prisão de dois suspeitos, mas a Justiça negou o pedido. Um dos homens foi detido e ainda na delegacia disse o local onde o corpo da jovem estava, mas o suspeito teve que ser ouvido e liberado. O corpo de Camille foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), onde a família foi fazer o reconhecimento.

O desaparecimento

Camille saiu de casa no dia 5 de julho e avisou a avó que ia fazer uma entrevista de emprego na Central do Brasil. As buscas por ela começaram neste mesmo dia.

Logo após sair, a jovem mandou uma mensagem para uma tia dizendo que tinha encontrado uma amiga e precisava resolver um assunto em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. Desde então, o telefone ficava dando como se estivesse desligado.

Segundo a família, Camille trabalhava como garçonete no Clube de Anchieta e um dos funcionários esteve várias vezes na casa da família procurando por ela. A jovem chegou a dizer para a avó que ele estava ajudando ela com uma proposta de emprego.

A família chegou a ir até o clube onde mora o homem que teria intermediado o contato de emprego, acompanhados da polícia. No quarto dele, foram encontradas roupas íntimas femininas, preservativos e medicamentos. O funcionário teria desaparecido após a repercussão do caso.

segunda-feira, 15 de julho de 2024

Estudo encontra grande teor alcoólico em pães de forma, o que pode causar multa no teste do bafômetro

Um estudo realizado pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor analisou 10 marcas de pão de forma vendidas nos mercados e revelou que algumas dessas marcas populares contêm altos níveis de álcool. Em três delas, a quantidade de álcool encontrada poderia fazer com que motoristas fossem flagrados por embriaguez em testes do bafômetro.

As marcas analisadas foram: Pulmann, Visconti, Bauducco, Wickbold 5 Zeros, Wickbold Sem Glúten, Wickbold Leve, Panco, Seven Boys, Wickbold e Plusvita.


Os pesquisadores descobriram que seis dessas marcas poderiam ser classificadas como alimentos alcoólicos, caso essa classificação existisse. No pão da Visconti, por exemplo, a porcentagem de álcool encontrada foi de 3,37%, enquanto na Bauducco foi de 1,17%. Já na Wickbold 5 Zeros foi de 0,89%. No Brasil, a legislação determina que bebidas com teor de álcool acima de 0,5% sejam consideradas alcoólicas.

Quantidade de álcool encontrada nos pães de forma:
  1. Visconti - 3,37%
  2. Bauducco - 1,17%
  3. Wickbold 5 Zeros - 0,89%
  4. Wickbold SG - 0,66%
  5. Wickbold Leve - 0,52%
  6. Panco - 0,51%
  7. Seven Boys - 0,50%
  8. Wickbold - 0,35%
  9. Plus Vita - 0,16%
  10. Pulmann - 0,05%
A pesquisa indica que consumir duas fatias de pão de forma da Visconti, da Bauducco ou da Wickbold, pode representar um risco para motoristas em testes do bafômetro.

O processo do álcool no pão

O processo de fermentação, que faz o pão crescer, produz álcool. Embora a maior parte evapore durante o cozimento, a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor descobriu que algumas empresas utilizam um conservante diluído em álcool para evitar a perda do produto devido ao mofo, aumentando assim a durabilidade.

Essa quantidade deveria ser mínima e evaporar até que o pão chegasse ao consumidor, mas a pesquisa mostrou que isso não está acontecendo, possivelmente devido à quantidade de conservante usada.

Como o pão é um alimento extremamente perecível, para evitar um mofo, a indústria acaba usando conservantes diluídos em álcool, mas segundo esse estudo, a dose usada pode ser exagerada.

Segundo a legislação, um teste do bafômetro não pode registrar mais de 0,04 mg/l. De 0,05 mg/l a 0,33 mg/l é considerada infração gravíssima e acima disso é crime de trânsito.

A pesquisa avaliou o risco de um motorista ultrapassar o limite legal no teste após consumir duas fatias de pão. Três marcas representaram esse risco.

Marcas que colocariam motoristas em risco no teste do bafômetro:

Visconti - 1,69%
Bauducco - 0,59%
Wickbold 5 Zeros - 0,45%

sexta-feira, 12 de julho de 2024

Dois homens ficam feridos após troca de tiros no Az de Ouro, em Nilópolis


A Polícia Militar realizou uma operação contra o tráfico na comunidade Az de Ouro, em Nilópolis, na Baixada Fluminense, nesta quinta-feira (11 de julho). Dois suspeitos ficaram feridos durante tiroteio.

Segundo as informações dos policiais do 20º BPM, responsáveis pela área, o confronto aconteceu após criminosos armados atirarem contra os PMs.

Após a troca de tiros, os suspeitos foram encontrados e socorridos à UPA de Cabuis. Um revólver calibre 38 e material entorpecente foram apreendidos na ação.

quinta-feira, 11 de julho de 2024

Assistência Social de Nilópolis alerta sobre golpes contra beneficiários do Bolsa Família


A secretária de Desenvolvimento Social (SEMDES) de Nilópolis, Everline de Lima, alerta os beneficiários do Bolsa Família para golpistas que estão indo às casas dos nilopolitanos fingindo que são servidores da Prefeitura e enviando mensagens pelo WhatsApp imitando o sistema da Caixa Econômica Federal.

"Tenham cuidado com pessoas que se passam por funcionários da SEMDES. Uma família perdeu R$ 650. Nesse caso, orientamos que o prejudicado registre a ocorrência na delegacia. Nossa equipe sempre vai visitar as casas usando crachá, colete ou camiseta de identificação da Secretaria", salientou a secretária.

Atualmente, 23.766 famílias são beneficiadas com o Bolsa Família na cidade. O recadastramento é feito a cada dois anos. Quem não for inscrito deve procurar o CRAS mais próximo de sua residência, com os originais do RG, CPF, comprovante de residência, título de eleitor e certidão de nascimento.

A diretora do programa Bolsa Família, Márcia Nascimento, explicou que qualquer família de baixa renda tem direito ao benefício, incluindo quem trabalha informalmente e não tem como comprovar o trabalho. O Cadastro Único (CAD Único) é a forma como a SEMDES mapeia a população carente.

Endereço das Unidades de Assistência Social:

– Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) – França Leite

– Rua Antônio Felix, nº 721 – Manoel Reis2791-1970

– CRAS II – Paiol
Rua Carlos de Souza Fernandes, lote 215 – Paiol3762-8318

– CRAS III – Sofia
Rua Sofia, nº111 – Santos Dumont3762-8319

quarta-feira, 10 de julho de 2024

Estudantes de Nilópolis participam de visita guiada ao MPRJ


O Ministério Público do Estado dos Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Centro de Memória Procurador de Justiça João Marcello de Araújo Júnior (CDM/MPRJ), recebeu alunos do Instituto Carlos Pasquale, de Nilópolis, para uma visita à exposição "131 anos do Ministério Público no Rio de Janeiro". O evento, realizado na última sexta-feira (5), faz parte do projeto Caminhos da Cidadania, uma colaboração entre o MPRJ e o Museu Histórico Nacional (MHN), destinada a promover a participação pública nas exposições das duas instituições e a incentivar o exercício da cidadania.

Em um primeiro momento, os estudantes conversaram com o arquivista do CDM/MPRJ Kevyn Gonçalves e o estagiário de história Lucas Pinheiro sobre o contexto histórico da institucionalização do MPRJ. Eles receberam informações sobre como a população pode acessar a instituição e participaram de uma atividade sobre a atuação dos poderes políticos brasileiros, destacando as funções de vereadores, prefeitos, governadores e do presidente da República.

A iniciativa tem sido importante para apresentar o órgão e suas funções aos jovens fluminenses, como Ágata da Costa, estudante de 17 anos, e atualmente no 3º ano do ensino médio. "Eu não conhecia muita coisa, o que eu pensava era totalmente diferente", disse a jovem em relação ao MPRJ e suas funções. "Quando cheguei aqui, fiquei impressionada. É muito maior, tem muitas mais coisas do que eu pensava", finalizou.

Posteriormente, Kevyn Gonçalves e o estagiário de biblioteconomia, Gabriel Voltes, conduziram uma atividade onde os estudantes simularam o recebimento de documentos históricos, além de aprenderem sobre procedimentos de higienização e armazenamento adequado. Com exemplares de fita VHS e disquete, discutiu-se a importância da preservação digital, parte fundamental das atividades do acervo do CDM.

A visita foi concluída no Museu Histórico Nacional, onde os alunos continuaram o circuito na exposição "Cidadania em Construção". Escolas interessadas em agendar visitas podem entrar em contato pelo e-mail do Centro de Memória: memoria@mprj.mp.br.

Patrulhamento do GAT intercepta suspeito e apreende pistola em Nilópolis


Durante um patrulhamento, nesta segunda-feira (8), no bairro Olinda, em Nilópolis, o Grupamento de Ações Táticas (GAT) do 20º BPM (Mesquita) avistou dois indivíduos em uma motocicleta. Ao notarem a presença dos agentes, os suspeitos tentaram fugir. O passageiro pulou da moto e conseguiu escapar, mas a equipe conseguiu interceptar o acusado, que pilotava a motocicleta. Com ele, foi apreendida uma pistola calibre 45 e a motocicleta.

 A ocorrência foi encaminhada à 57ª DP (Nilópolis). 

segunda-feira, 8 de julho de 2024

Prefeitura lança as obras da Clínica Veterinária Municipal no bairro Frigorífico em Nilópolis


O prefeito de Nilópolis, Abraãozinho, lançou na última sexta-feira (5), as obras da Clínica Veterinária Municipal, na Rua Antônio Cardoso Leal, 780, no bairro Frigorífico. Os funcionários da Secretaria Municipal de Obras iniciaram as benfeitorias e a previsão de término é em dezembro deste ano. O prédio que anteriormente abrigava uma igreja, será praticamente reconstruído, com pouco aproveitamento da estrutura original. O novo projeto prevê a abertura de duas lajes laterais para ventilar e iluminar o local, além da demolição da rampa que dá acesso ao segundo pavimento, com sua substituição por uma plataforma elevatória.

Primeira clínica veterinária municipal da Baixada, o prédio contará com três andares nos quais estarão distribuído quatro consultórios, recepção e banheiros, centro cirúrgico para realização de castração de cães e gatos; sala pós-cirúrgica, sala para exames laboratoriais e ultrassonografia, e vacinação. Haverá também um local para isolamento de animais com doenças infectocontagiosas antes da transferência destes para um hospital.

“Hoje é um dia muito feliz para nossa cidade. Estou na Praça Pedro II para fazer o lançamento desse grande equipamento que vai atender os nossos animais. A Clínica Veterinária Municipal vai contar com consultórios, centro cirúrgico e internação, enfim, é um aparelho público completo para atender os nossos animais, por indicação legislativa do vereador Leandro Hungria”, discursou Abraãozinho, cheio de alegria, agradecendo em seguida todo o seu grupo de trabalho.

Participaram do evento, a vice-prefeita e secretária de Educação, professora Flávia; o deputado estadual, Rafael Nobre; o suplente de deputado federal, Ricardo Abrão; a secretária de Obras, Patrícia Abdalla, e o vereador, Leandro Hungria, que fez a indicação legislativa para a realização da obra.

Prefeitura de Nilópolis revitaliza Praça José Fernandes no bairro do Cabral


O prefeito Abraãozinho inaugurou na última sexta-feira (5), a Praça José Fernandes, na esquina da Rua Roldão Gonçalves com a Joaquim Máximo Soares, no bairro Cabral, que agora tem aparelhos de ginástica para pessoas da terceira idade, quadra de esportes, cantina, parquinho para crianças e vestiário.

O aposentado Severino João da Silva, de 74 anos, aprovou a nova praça, ele levou o bisneto para brincar no novo parquinho e mora no bairro há 42 anos. "Passo aqui todo dia, toda hora. A reforma ficou ótima, a praça ficou bonita. Mudou completamente. O bairro tem que ter opções para as crianças se divertirem, para brincar. E é bom sempre estar perto de casa“, afirmou Severino.

“A praça foi revitalizada junto com o planejamento dos moradores. Nos reunimos aqui e a gente escutou deles o que eles queriam. Disseram que queriam brinquedos novos para as crianças, pediram para demolir uma parte fechada que era inútil, subutilizada. Pediram os aparelhos da terceira idade e quiseram manter o quiosque para eles poderem fazer as festinhas. Pediram a revitalização da quadra. Tudo isso foi feito considerando o que a população queria, não o que a gente achava que precisava“, afirmou Abraãozinho, ao lado da vice-prefeita, professora Flávia, e de outras autoridades.

Os 24 anos de vida de Letícia Melonza de Oliveira foram todos vividos no Cabral. Ela levou a sobrinha para brincar na praça entregue na sexta-feira. ”Ela gosta daqui dos brinquedos. A gente fica aqui olhando. A quadra também é boa pra gente brincar, jogar, fazer um esporte, né? Um vôlei. A praça está maravilhosa. A minha sobrinha não quer sair da quadra mais”, contou a jovem.

Participaram da cerimônia também, o deputado estadual, Rafael Nobre; o suplente de deputado federal, Ricardo Abrão; secretários e vereadores.

Nilópolis dobra número de veículos e contingente do Proeis


Na tarde da última quinta-feira (04/07), Nilópolis apresentou mais quatro viaturas para o Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), convênio firmado entre a Prefeitura Municipal e a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. O número de veículos dobrou, totalizando oito viaturas, além do contingente que aumentou.

A ação ocorreu na Praça Vereador Orlando Hungria, mais conhecida como Praça dos Estudantes, no Centro. O prefeito Abraãozinho discursou sobre a importância do Proeis em Nilópolis. Ele esteve acompanhado do deputado estadual, Rafael Nobre, do suplente de deputado federal, Ricardo Abrão e do secretário de Segurança Pública, tenente Barreto.

“Foram quatro viaturas colocadas à época e hoje nós estamos dobrando o número de viaturas, o que vai significar um patrulhamento maior nas ruas da nossa cidade. É um programa que tem dado certo, inclusive com apreensões de drogas, com apreensões de armas e de fuzil. A gente sabe que a segurança pública é uma questão do Estado através da força Policial Militar e da Polícia Civil, mas o município tem que dar também sua parcela de contribuição naquilo que nos acoberta”, salientou o prefeito.


Há dois anos o programa foi implementado e atualmente conta com 32 policiais militares que fazem rondas pelo município para prevenir os crimes e prender suspeitos de cometer transgressões, em apoio aos militares que trabalham lotados na 2ª Companhia do 20º BPM (Mesquita) e ficam baseados na cidade.

“O prefeito Abrãozinho identificou a demanda da sociedade com relação ao policiamento na área de Nilópolis e ele implementou o convênio. Com o empenho das viaturas, o objetivo é zerar todo tipo de criminalidade que tenta se atuar em Nilópolis”, disse o secretário de Segurança Pública.

Polícia recupera carro roubado e apreende réplica de arma em Nilópolis

Um Celta branco derivado de roubo circulava o Centro de Nilópolis no último sábado (06/07), até que foi interceptado por uma equipe policial que estava no local. A perseguição demorou alguns minutos, mas, ao final, o carro foi apreendido juntamente com um simulacro de revólver em seu interior. Os ocupantes escaparam.

A guarnição procedeu à 57ª DP para as medidas cabíveis.

sexta-feira, 5 de julho de 2024

Balcão de empregos do SINE é inaugurado em Nilópolis


Esta segunda-feira (01/07) foi marcada com mais uma conquista para Nilópolis com a inauguração do posto do Sistema de Emprego Nacional (SINE) na sede da Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda. A prioridade é atender os munícipes que procuram trabalho. A estimativa é de um aumento de 30% no número de pessoas empregadas. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, no Centro.

A inauguração contou com a presença do prefeito, Abraãozinho; da vice-prefeita, professora Flávia; de secretários municipais; do superintendente do Ministério do Trabalho e Emprego, Alex Bolsas; do chefe de gabinete da Secretaria Estadual de Trabalho, Flávio Barradas; do deputado estadual, Rafael Nobre; do suplente de deputado federal, Ricardo Abrão; e de outras autoridades.

“A pandemia contribuiu muito para o aumento do desemprego, não só aqui, mas no país todo. E a gente vem se recuperando gradativamente. Toda ajuda que a gente puder ter para devolver a dignidade do cidadão, o seu trabalho, seu sustento para poder levar o pão para dentro de casa, a gente tem que fazer. O SINE chega para oferecer mais oportunidades de empregos para a nossa população”, salientou Abraãozinho.

O Sistema Nacional de Empregos possibilita para pessoas acima de 14 anos que possuem CPF e Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) a intermediação de mão de obra, habilitação ao seguro-desemprego; qualificação social e profissional, orientação profissional, certificação profissional; pesquisa e informações do trabalho, fomento a atividades autônomas e empreendedoras.


O secretário da pasta, Eduardo Amorim, comemorou a conquista após oito anos de espera pelo SINE. “Tenho certeza que vai gerar muitas oportunidades. Há anos lutamos por esse SINE. É um momento muito importante na vida dos nilopolitanos”, afirmou Amorim.

Quem também discursou foi o superintendente do Ministério do Trabalho e Emprego, Alex Bolsas. Ele falou sobre a importância do SINE e anunciou que Nilópolis terá a Escola do Trabalhador, uma plataforma que visa oferecer cursos gratuitos em temas de tecnologia e produtividade, com certificação pela Microsoft. “A gente sabe que o trabalhador precisa de apoio. Está aqui o governo municipal com o governo estadual e federal, representando cada uma nas suas competências e atuação, porque quando soma, o resultado é maior. Estou anunciando aqui a possibilidade de colocar à disposição de Nilópolis um convênio de cursos de ensino à distância, através do Ministério de Trabalho. Já temos esse compromisso encaminhado para instalar uma Escola do Trabalhador aqui no SINE”, afirmou Bolsas.

Desempregada há quatro anos, a auxiliar da Educação Infantil, Maria Valeria Tomé, de 46 anos, tem esperança de voltar para o mercado de trabalho. “Estou aqui para entregar meu currículo. Sou da área de educação e estou desempregada há quatro anos. Está na mão de Deus, né? Vai dar certo”, contou a auxiliar. 

A Secretaria de Emprego fica localizada na Rua Pedro Álvares Cabral, nº 995, no Centro.

Procon-RJ fiscaliza clínica veterinária em Nilópolis e responsável é levado à delegacia


A ação, em conjunto com o Conselho Regional de Medicina Veterinária e a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, atua na interdição de uma clínica em Nilópolis

Agentes do Procon-RJ fiscalizaram, na manhã desta quinta-feira (04/07), clínicas veterinárias de Nilópolis, na Baixada Fluminense. A ação ocorreu em conjunto com o Conselho Regional de Medicina Veterinária e o apoio da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente. Durante a operação, um estabelecimento foi totalmente interditado por estar em condições de higiene precárias. Os agentes flagraram animais juntos em gaiolas pequenas e sujas, alguns deles com possível doença infecto contagiosa ao lado de outros saudáveis.

Na veterinária interditada, os agentes encontraram também rações com sacos rasgados por roedores, animais mortos no freezer sem qualquer registro, baratas na sala de cirurgia e equipamentos com ferrugem na área de esterilização.

"Neste caso, determinamos que os animais fossem remanejados para local adequado e o responsável pelo estabelecimento foi levado pelos policiais à Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente", disse o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho.

Ainda durante a fiscalização, outro estabelecimento foi interditado parcialmente por falta de documentação obrigatória, como a licença sanitária, alvará, além de não ter a estrutura exigida para uma clínica. A unidade também tinha medicamentos vencidos desde novembro de 2023. Na ação, apenas uma das clínicas estava em condição de funcionamento com toda estrutura e documentação legal. As clínicas autuadas terão 15 dias para apresentarem suas defesas junto ao Procon do Estado do Rio de Janeiro.

quinta-feira, 4 de julho de 2024

Homem é culpado e preso por homicídio de PM em Nilópolis


Um homem apontado como autor do assassinato de um policial militar em 2017, em Nilópolis, foi preso na última quarta-feira (03/07). A vítima, identificada como Vaiane Luiz dos Santos Ferreira, e o acusado eram cunhados, moravam no mesmo terreno, mas não tinham boa relação. O processo estava em trâmite desde o ano do crime e teve sua resolução nesta semana.

O crime teria acontecido no quintal da casa do PM, que estava de folga. Ele e o acusado, que trabalhava como Guarda Municipal, iniciaram uma luta corporal e, em seguida, Vaiane foi atingido por diversos disparos de arma de fogo. O guarda, em seu depoimento, disse que a vítima o ameaçava constantemente e alegou legítima defesa. No entanto, a hipótese foi descartada.

A partir disso, o acusado foi preso temporariamente, mas aguardava em liberdade a decisão final do processo. Após ser apontado como culpado, agentes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) foram até Campo Grande, Zona Oeste do Rio, e o capturaram. Contra ele foi cumprido um mandado de prisão condenatória.

PF cumpre mandado de busca e apreensão contra homem acusado de armazenar e compartilhar mídias de abuso sexual infantojuvenil em Nilópolis


A Polícia Federal realizou a Operação Tutis Liberos, com o objetivo de apurar a prática dos crimes de armazenamento e compartilhamento de mídias contendo abuso sexual infantojuvenil. Nesta quinta-feira (04/07). são cumpridos dois mandados de busca e apreensão na residência de dois alvos, localizadas nos municípios de Nilópolis e São João de Meriti, ambos na Baixada Fluminense.

As investigações sobre o primeiro criminoso partiram de um relatório de análise da Polícia Judiciária, o qual concluiu que o suspeito disponibilizou cerca de 750 arquivos categorizados como cenas de abuso sexual infantojuvenil, na cidade de Nilópolis, em 2023.

Já em relação ao segundo alvo, as investigações foram iniciadas após denúncias protocoladas na ouvidoria do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos; na plataforma Comunica PF; e no Ministério Público Federal, as quais informavam que o suspeito, residente em São João de Meriti, estaria vendendo fotos e vídeos contendo cenas de abuso sexual infantil em diversas redes sociais.

Foram apreendidos celulares e computadores, que serão submetidos à perícia técnica para localização e identificação de eventuais arquivos que evidenciem a prática dos crimes.

Apenas o ato de armazenar mídias contendo abuso sexual infanto-juvenil, mesmo sem o compartilhamento do material, já configura crime hediondo e não permite o pagamento de fiança.

terça-feira, 2 de julho de 2024

Equipe mirim do handebol de Nilópolis é treinada por ex-atletas da Seleção Brasileira


Inspirados pelas Olímpiadas de Paris, programadas para julho e agosto de 2024, meninos de 9 a 12 anos que treinam na Vila Olímpica, em parceria com o Nilópolis Handebol Clube (NHC), vão representar a cidade pela primeira vez no Campeonato Brasileiro Mirim, em Caxambu, Minas Gerais, entre 11 e 14 de julho. Atletas e professores da Vila esperam voltar com as melhores notícias.

Os alunos contam com a dedicação dos professores André Alcântara, Vanessa Marceli e João Nunes, caçula do trio. Os dois primeiros são ex-atletas do NHC e integraram a Seleção Brasileira de Handebol. Vanessa passou também por cinco grandes clubes, entre eles Corinthians, São Paulo e Vasco da Gama. Por sua vez, André tem participações ainda pela seleção Carioca e jogou no Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama.

"Nossa expectativa é a melhor possível. Pela primeira vez uma equipe mirim de Nilópolis disputa um campeonato fora. Isso só foi possível pela parceria entre o Nilópolis Handebol Clube (NHC) e a Prefeitura de Nilópolis", afirmou o secretário municipal de Esporte e Lazer, o advogado Marcelo Leitão.

Formada em Educação Física pela Universidade do Grande ABC, quando morou em São Paulo, a professora Vanessa disse que eles têm uma média de 33 alunos por turma. "Meninos e meninas treinam juntos, mas há momentos em que os separamos por sexo porque há uma diferença grande, por exemplo, em relação à forma física", observou.

Morador de Mesquita, Allyson Cristian Amâncio, 12 anos, é amigo de Dudu, goleiro da equipe. Allyson estuda o 7º no CIEP 136 Stella de Queiroz Pinheiro, do outro lado da rua da Vila Olímpica, e aluno do professor Márcio Leitão, que ensinou handebol para ele. "Eu jogava bola aqui e o Dudu me convidou. Já estou aqui no handebol há um ano e sonho em estar nas Olimpíadas no futuro. Por que não?" Estou ansioso por esta viagem para Minas", admitiu.

Apesar de estudar em uma escola particular, Miguel Dias, 11 anos, morador de Nova Cidade, não conheceu o handebol no colégio e sim na Vila Olímpica de Nilópolis. Ele foi convidado a treinar por Bernardo, filho do professor André e está animado. " Sou fã do esporte e acompanho os jogos sempre que posso", garantiu.

Vários atletas que se sobressaem nos treinos e nos jogos são indicados pelos professores para bolsas de estudos em escolas particulares da cidade que valorizam a prática esportiva e participam de competições com frequência. Os três professores são exemplos desse tipo de investimento em recursos humanos: se destacaram nas escolas pública onde estudavam e conseguiram bolsas de estudos para representar seus colégios em competições atléticas.

Os olhos de Pâmela Souza, 11 anos, brilharam quando ela falou sobre o handebol. "Tô gostando muito e quero ser atleta. Eu sempre vinha pra cá brincar, quis saber o que era e passei a participar", contou a menina que estuda o 6º ano. 


Procon-RJ autua farmácia de manipulação em operação em Nilópolis


Os agentes encontraram medicamentos e substâncias para fabricação de remédios homeopáticos vencidos há três anos

O Procon do estado do Rio de Janeiro fez, nesta terça-feira (02/07), uma fiscalização em três estabelecimentos na Baixada Fluminense após o recebimento de denúncias. Durante a ação, uma clínica em São João de Meriti e uma farmácia de manipulação em Nilópolis foram autuadas por estarem operando com produtos vencidos e ausência de documentos obrigatórios.

Na clínica de São João de Meriti, os agentes encontraram medicamentos vencidos há mais de um ano na área de enfermaria, área de exames e estoque. Entre os produtos impróprios, estavam remédios para hipertensão, enjoo, diabetes, alergias e para o trato digestório. Além disso, testes para identificação de alergias e linhas de sutura também se encontravam fora do prazo de validade. Já na farmácia de manipulação, em Nilópolis, os agentes encontraram substâncias para produção de remédios homeopáticos vencidos há mais de três anos.

O presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho, ressalta que a utilização de produtos fora da validade podem atentar contra a saúde e a vida do consumidor. "Quando um consumidor busca por cuidados médicos, seja em clínicas ou com a compra de medicamentos, acredita que tudo estará em conformidade com o que é previsto em lei. Se o estabelecimento não fornece medicamentos dentro do prazo de validade, as consequências podem ser irreparáveis", afirma Coelho.

Os locais que foram autuados terão que comprovar o descarte adequado das medicações ao Procon-RJ no prazo de 15 dias, juntamente com a defesa que deverá ser apresentada.

Balcão de empregos do SINE é inaugurado na Secretaria de Trabalho de Nilópolis



Serviço do governo federal reúne informações sobre vagas, seguro-desemprego, qualificação profissional e fomento a empreendedores

Depois de oito anos de espera, a Secretaria de Trabalho (Setrab) de Nilópolis ganhou uma representação do Sistema Nacional de Emprego (SINE) em sua sede, para atender os nilopolitanos que estão em busca de oportunidades de emprego. O prefeito Abraãozinho, o secretário de Trabalho, Dudu Amorim, e representantes dos governos federal e estadual estiveram presentes. A inauguração do SINE aconteceu nesta segunda-feira (01/07), às 10h, na Setrab, Rua Pedro Álvares Cabral, 995, no Centro.

O secretário Dudu Amorim explicou que o SINE demorou a ser trazido para Nilópolis porque o Ministério do Trabalho, responsável pelo órgão, foi extinto em 2019 e só retornou com o atual presidente da República. “A instituição intermedeia a relação entre as empresas e quem procura trabalho. Das 13 cidades da Baixada, apenas Nilópolis e Japeri não tinham o serviço. Aqui na nossa cidade, funcionários da Setrab foram treinados na plataforma do SINE na internet e poderão encontrar vagas, em várias cidades da região metropolitana, que se adéquem a cada pessoa desempregada com mais rapidez”, afirmou Amorim.

O Sistema Nacional de Empregos propicia, além da intermediação de mão-de-obra, habilitação ao seguro-desemprego; qualificação social e profissional, orientação profissional, certificação profissional; pesquisa e informações do trabalho, fomento a atividades autônomas e empreendedoras.

Dudu Amorim estima que haverá um aumento de 30% no número de pessoas empregadas na cidade. “O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), órgão utilizado pelo Ministério do Trabalho e Emprego para acompanhar a situação da mão de obra formal no Brasil, e também levantar dados de geração de emprego e desemprego no país”, disse Dudu.

O site Data MPE Brasil, do Sebrae, informa que havia 17.951 trabalhadores empregados na cidade em 2022. O comércio varejista tinha 4.706 pessoas, a administração pública, defesa e seguridade social apresentava 3.576 funcionários e as atividades paisagísticas somavam 1.899 trabalhadores.

Mais de 200 pessoas são atendidas no CEO em duas semanas


“A saúde bucal está em primeiro lugar”. Quem garante é Lenilson Augusto, de 52 anos, há 12 anos paciente que coleciona histórias no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), reinaugurado há duas semanas.

Lenilson trabalha como repositor em um sacolão do município. De seis em seis meses ele realiza a limpeza dentária com a Dr. Camila Riveiro Ribeiro. O CEO já atendeu 220 pacientes. O local disponibiliza especialidades em periodontia, endodontia, prótese, bucomaxilo, implante, ortodontia e atendimento a pessoas com necessidades especiais. Tudo gratuitamente.

A reforma do espaço surpreendeu o paciente positivamente. “Tem muita gente carente desse tipo de serviço, porque não é fácil você pagar um dentista que tem essa especialidade. Faço limpeza e eu me sinto muito bem ao lado dos profissionais daqui da clínica. Agora reformado tá muito bonito. Parabéns”, afirmou Lenilson.

Quem também frequenta o CEO são as duas filhas, netos e esposa de Lenilson. “Elas fazem tratamento aqui. É a família toda. Confio na clínica e isso é muito positivo. Tem que ser forte para aguentar uma dor de dente. Eu não aguento. Acredito que a saúde bucal venha em primeiro lugar”, concluiu o paciente.

Periodontista (especialidade odontológica que trata dos tecidos do periodonto) desde 2012 no CEO, Camila Riveiro Ribeiro disse que Lenilson foi um dos seus primeiros pacientes no local e salientou a importância de um tratamento constante. “O Lenilson é um dos meus primeiros pacientes aqui no Centro. A limpeza é um tratamento bem importante para a população porque a gente consegue fazer um atendimento de prevenção para que eles não venham perder a dentição. É um trabalho bem legal que a gente faz aqui. Os pacientes dão valor. Estão todos animados com a casa nova”, falou a dentista.

Já Sandra Marta Veloso, de 67 anos, recebeu atendimento pela primeira vez no CEO esta semana. Satisfeita com o atendimento, ela contou que o retorno já está marcado. “Hoje eu vim fazer o implante com prótese total inferior e fui muito bem atendida. É a primeira vez que venho e já estou sendo encaminhada para a panorâmica. O retorno está sendo muito rápido. Achei o atendimento muito bom, com profissional qualificado, bem inspecionado”, disse a paciente.

Após 12 anos em atividade, atualmente o CEO conta com oito consultórios. A estimativa é que o número de atendimentos mensais chegue a quatro mil, dobrando os atuais dois mil pacientes. Pessoas com necessidades especiais terão um cuidado diferenciado por apresentarem algum tipo de desvio da normalidade de ordem física, mental, sensorial, comportamental ou de crescimento.

Para receber atendimento no CEO é necessário passar pelo Posto de Saúde para uma avaliação com o dentista. Serviços como restauração, limpeza e extração simples são feitos na própria unidade de saúde. Casos que necessitam especialidades são encaminhados para o Centro.

O CEO está localizado na rua Travessa Ramos, nº 65, Centro de Nilópolis. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Extramuros leva 900 alunos de Nilópolis para passeios turísticos e culturais no primeiro semestre



Conhecer os pontos turísticos e culturais da Cidade Maravilhosa é algo que agora está mais próximo de todos os estudantes da rede municipal de educação de Nilópolis, por intermédio do Projeto Extramuros. No primeiro semestre de 2024, a Secretaria de Educação levou cerca de 900 alunos para 26 passeios.

Criado em 2017, o Extramuros tem como objetivo despertar interesse por meio de atividades educativas. Os estudantes exploram ambientes externos, adquirindo conhecimento e descobrindo um mundo completamente novo. E a inclusão é prioridade: estudantes com baixa visão e cegos visitaram o jardim sensorial do Jardim Botânico, que oferece atividades que estimulam os cinco sentidos.


De março a junho os alunos visitaram o AquaRio, Ilha da Boa Viagem, Museu da Vida – Fiocruz, Museu da Astronomia; Sesi Nova Iguaçu, Circuito Histórico de Herança Africana, Museu Aeroespacial; Museu Histórico Nacional, Biblioteca Nacional, Jardim Botânico, Museu da Light, Unicirco – Quinta da Boa Vista e Museu da República.

Além disso, também puderam conhecer detalhadamente alguns pontos de Nilópolis. O Parque Natural do Gericinó, o Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ) e o Parque Sara Areal. Para julho, o destino já está marcado. Os alunos conhecerão o Museu do Pontal, Barra World Shopping & Park e o Museu Naval.

No último ano, o Extramuros ofereceu 63 passeios para três mil alunos. Outros pontos visitados pelos alunos da rede municipal foram: Pão de Açúcar, Parque Lage, Sítio Roberto Burle Max; Circuito Pequena África, Museu do Amanhã, Fiocruz; AquaRio, Sesc São João, CCBB, Biblioteca Nacional; Teatro Municipal, Bienal, Parque do Gericinó e Igreja São Mateus.

Autor de roubos e latrocínios é preso em Nilópolis

Policiais civis da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) realizaram uma especializada para combater os crimes de roubo e de latrocínio na última segunda-feira (01/07). Com isso, um autor de roubos em municípios da Baixada foi encontrado e preso em Nilópolis.

Segundo apurado, seus roubos eram cometidos nas cidades de São João de Meriti e Belford Roxo. Além de subtrair itens das vítimas, em alguns casos, também cometia homicídios.

INSS oferece mais de 1.400 vagas para atendimentos extraordinários de BPC em julho no RJ


O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) continuará com atendimentos extraordinários no estado do Rio de Janeiro para quem precisa dar início ao pedido de concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Em julho, serão oferecidas 1.440 vagas para consultas com assistentes sociais em oito agências da Previdência Social (APS) na capital e na Baixada Fluminense. Todos os mutirões ocorrerão das 7h às 14h, aos sábados.

O objetivo das iniciativas é atender às necessidades previdenciárias da população, incluindo solicitações de benefícios e esclarecimentos de dúvidas. Os agendamentos podem ser feitos pelo telefone da Central 135 ou pelo site e aplicativo 'Meu INSS'. As ações fazem parte do Programa de Enfrentamento à Fila da Previdência Social (PEFPS).

Veja abaixo em quais agências da Baixada Fluminense os atendimentos com assistentes sociais estarão disponíveis:

Dia 06 de julho
APS Belford Roxo (100 vagas) - Av. Benjamin Pinto Dias, 895 - Centro, Belford Roxo;
APS Nova Iguaçu (160 vagas) - Rua Estados Unidos, 300 - Metrópole, Nova Iguaçu

Dia 13 de julho
APS Magé (100 vagas) - Av. Simão da Motta, 785 - Magemirim, Magé

Dia 20 de julho
APS Duque de Caxias (220 vagas) - Rua Marechal Deodoro, 500 – Bairro Jardim Vinte e Cinco de Agosto, Duque de Caxias

Dia 27 de julho
APS Nilópolis (120 vagas) - Estrada Mirandela, 355 - Centro, Nilópolis

Balanço dos mutirões de junho

Em junho, o INSS ofertou 1.073 vagas para atendimento entre oito mutirões no Rio de Janeiro. No total, 855 pessoas foram atendidas, número que demonstra o empenho das agências no suporte aos segurados.

A APS Engenheiro Trindade, em Campo Grande, foi um dos destaques entre as unidades do INSS, com 185 atendimentos. Já a agência de Duque de Caxias, atendeu 159 cidadãos.

“Os mutirões do INSS têm se mostrado uma estratégia eficaz para reduzir as filas de espera e agilizar o acesso aos serviços previdenciários. Além disso, proporcionam uma oportunidade para que os segurados esclareçam dúvidas, solicitem benefícios e realizem outros procedimentos de forma mais rápida e eficiente”, afirmou Joelma do Nascimento Cursino, chefe do Serviço Social da Superintendência Regional Sudeste III (SRSEIII).

Quem tem direito ao BPC

Os segurados elegíveis para o Benefício de Prestação Continuada (BPC) são aqueles que preenchem os seguintes requisitos: idade igual ou superior a 65 anos, ter alguma deficiência, e/ou renda familiar per capita de até um quarto do salário mínimo (atualmente R$ 353). Não é necessário ter contribuído para o INSS para ter direito ao benefício, que corresponde mensalmente a um piso nacional (R$ 1.412).

Também é necessário não ser beneficiário de outro programa da Seguridade Social, exceto assistência médica e pensão especial de natureza indenizatória. Os beneficiários do BPC não recebem o décimo terceiro salário e o benefício não é convertido em pensão por morte.

Indivíduos com 65 anos de idade ou mais precisam passar por uma avaliação administrativa da renda e composição familiar para verificar se atendem aos critérios estabelecidos pela Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS). No entanto, não estão sujeitos à avaliação por assistentes sociais ou exames médicos.

A avaliação social do BPC é um dos procedimentos necessários para que uma pessoa com deficiência seja considerada para o benefício. Durante essa avaliação, um assistente social do INSS conduz uma entrevista, na qual são feitas perguntas sobre a família, situação financeira e tratamentos já realizados pela pessoa, com o objetivo de determinar se ela preenche os critérios para receber o BPC.